O Espírito da Selva
Destaque Lançamento

O Espírito da Selva

Referência: 725

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

No topo de uma árvore, um macaco-prego (os índios o chamam de horai) saltitava de galho em galho. Ele se agarrava à casca macia de um galho e pulava para apanhar umas frutinhas bem acima dele. Ele estava tão alto, na claridade, que não podia ver o chão úmido da selva, lá embaixo.

Um tucano assobiou. O macaco virou a cabeça, tagarelou de volta, agarrou as frutinhas, sentou-se num galho e começou a encher as bochechas.

Ele olhou pelas folhas. As copas das árvores pareciam estender-se infinitamente, com todas as tonalidades de verde refletidas na claridade quente da manhã. Do seu mundo de paz e beleza, ele não conseguia ver a clareia que ficava duas voltas do rio Padamo abaixo.

Naquela clareira ficava uma aldeia chamada Mel. A fumaça das fogueiras subia da aldeia. Telhados de palha seguravam grandes guirlandas de mandioca branca que secavam ao sol quente da manhã. Mas nenhuma aldeia yanomami é tão calma quanto parece.

 

Todas as histórias que você está prestes a ler foram contadas a mim pessoalmente em minhas seis visitas ao Amazonas, ao longo um período de treze anos.

Nada do que consta aqui é ficção, nem mesmo exagero.

 

Mark Andrew Ritchie

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Autor: Mark Andrew Ritchie
  • Capa: Brochura
  • Editora: RTM