O Problema do Mal no Antigo Testamento
Destaque Lançamento

O Problema do Mal no Antigo Testamento

Referência: 726

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

O problema do mal no Antigo Testamento aborda um dos temas mais espinhosos para o pensamento judaico-cristão, a questão do mal e do sofrimento. Fruto de uma pesquisa avaliada com distinção na Universidade de São Paulo (USP), este livro aborda o tema do ponto de vista filosófico, linguístico, exegético e teológico. Todavia, longe de apresentar uma linguagem hermética, a obra dá ao leitor comum a possibilidade de desfrutar de sua abordagem abrangente e sintética e até mesmo prática.

Mesmo que a figueira não floresça, nem a videira de fruto; e não haja safra de azeitonas; e as lavouras não produzam alimento; não haja ovelhas no curral, nem bois nos estábulos; ainda assim eu me alegrarei em YHWH, exultarei no Deus da minha salvação. [Habacuque 3.17,18]

 

De fato, embora o foco deste livro seja o texto de Habacuque, O problema do mal faz incursões essenciais e importantes em outros departamentos que contribuem decisivamente para a tentativa de uma resposta, refletida de forma tanto profunda como abrangente, para essa questão tão relevante. Assim, Luiz Sayão propõe uma investigação sobre a natureza histórica, linguística, filosófica e bíblica a respeito do problema do mal, bem como sobre a maneira pela qual o profeta Habacuque lida com essa questão.

Dr. Estevan Kirschner
Ph.D. em Novo Testamento pela London School of Theology, Inglaterra. Professor de Bíblia, teologia e exegese em várias instituições teológicas e tradutor da Bíblia (NVI/NVT).

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Autor: Luiz Sayão
  • Capa: Brochura
  • Editora: RTM